MONTANHA

Em oposição ao Egito e à Babilônia, a Palestina é uma região de montanhas; por isso a expressão “subir do Egito” ou “subir a Jerusalém”. Montanhas caracterizam a região da Judéia, Samaria e Galiléia em oposição à planície costeira do Mediterrâneo.

A montanha é considerada habitação da divindade. Por isso os santuários se localizavam muitas vezes no topo dos montes ( lugares altos).

Foi nos montes Sinai (Dt 33,2) e Tabor (Mt 17,1-8) que Deus se revelou. A colina de Sião, sobre a qual estão Jerusalém e o templo, é a montanha “onde o Senhor habitará para sempre” (Sl 68,17) e implantará seu reino escatológico (Is 2,2-5).

Livros recomendados

Visite a livraria

image

A Grande Mentira – Lula e o Patrimonialismo Petista

image

Desinformação – Ex-chefe de espionagem revela estratégias secretas para solapar a liberdade, atacar a religião e promover o terrorismo

image

A Inquisição – Um Tribunal de Misericórdia

image

Mentiram para Mim Sobre o Desarmamento