TEMPERANÇA

Não devemos deixar-nos levar por excessos no comer e no beber (Eclo 31,12-31; 32,1-13; 37,27-31; Pr 23,1-3.20s.29-35; Is 28,1-4).

No contexto hebraico, os jovens são convidados a afastar-se das mulheres estrangeiras por causa do perigo de idolatria (Pr 2,16-19; 5,3-14; 6,24-35; Eclo 9,9; 23,22-27; Ecl 7,26-28).

Por falta de temperança o homem porta-se às vezes como os animais (Rm 1,26-29; 1Cor 6,9s; 1Tm 1,9s; 1Pd 4,3).

O cristão, filho da luz pelo batismo, não deve tomar parte nas orgias noturnas (Rm 13,11-14; Jo 12,36; 1Jo 1,6s; 5,7s; Gl 5,19-21; Cl 3,5-10; 1Cor 6,11).

O cristão, chamado a receber o prêmio eterno, deve portar-se como um atleta (1Cor 9,25; 1Ts 5,6-8; Ef 5,18; 1Pd 1,13; 2Tm 4,7s; Ap 2,10; 21,8; 22,15).

Uma das paixões mais difíceis de dominar é o amor do dinheiro. A temperança ajuda a vencê-la (Eclo 31,1-11; Pr 10,2; 11,4; Jr 17,11; Mt 6,24; 19,21-26; Lc 16,9-24).

Outra paixão humana, que a temperança deve moderar, é o orgulho.

Ver “Humildade“.

Livros recomendados

Visite a livraria

image

Mentiram para Mim Sobre o Desarmamento

image

Suma Contra os Gentios

image

Sócrates Encontra Marx

image

A verdadeira história da Inquisição