VIRGINDADE

No AT, a esterilidade era uma vergonha, mas a estéril pode ter uma fecundidade espiritual (Sb 3,13s; 4,1).

Certos atos sagrados exigiam abstinência conjugal (1Sm 21,5-7; Ex 19,15).

Cristo faz um convite à castidade perpétua (Mt 19,12.21; 1Cor 7,1.7s; 1Ts 4,1-7).

O termo “virgindade” tem um sentido metafórico: não cair na idolatria (Ap 14,4; 21,2; 2Cor 11,2).

A castidade é uma virtude matrimonial (Rm 13,13; 1Cor 6,15; Gl 5,23-25).

A castidade é recomendada particularmente aos mensageiros do Evangelho (2Cor 6,6; 1Tm 4,12; 5,2.22).

Livros recomendados

Visite a livraria

image

Desinformação – Ex-chefe de espionagem revela estratégias secretas para solapar a liberdade, atacar a religião e promover o terrorismo

image

Suma Contra os Gentios

image

Manual politicamente incorreto do comunismo

image

Catecismo anticomunista